sexta-feira, 25 de maio de 2018

Identificados bandidos mortos e feridos em confronto com PMs após assaltos na BR-135, em São Luís


Três dos quatro assaltantes que entraram em confronto com policiais militares na manhã desta sexta-feira (25), após assalto a um ônibus na BR-135, na entrada do bairro Quebra-Pote, foram identificados no Socorrão II, para onde foram levados.

Dois não resistiram aos ferimentos e morreram ao dar entrada no hospital. Um deles foi identificado como Weleson Nascimento Dias, de 18 anos, residente na Rua 01, no bairro Vila Esperança. O outro continua sem identificação.

Os feridos, que continuam internados no Socorrão II, foram identificados como Carlos Daniel De Jesus Rocha, de 19 anos, e Thiago Sousa Vieira, conhecido como  “Bóia”, de 21 anos.

De acordo com informações da polícia, por volta de 4h45, os quatro assaltantes estariam no Residencial Ribeira, prontos para cometer assaltos a transeuntes. 

Ao chegar ao local, a guarnição não encontrou os suspeitos. No entanto, o Ciops informou que os quatro haviam tomado de assalto um veículo Fiat Uno, de cor vermelha, placa PYR-0840, na Avenida Principal do bairro Maracanã, nas proximidades da sede do boi. O veículo tomado de assalto era utilizado como Uber e transportava uma senhora grávida.

Em seguida, os quatro cometeram assaltos a transeuntes, ao longo da BR 135, além de fazerem um raspa em passageiros de um ônibus na linha Quebra-Pote, nas proximidades do Amarelinho.

Outra viatura foi acionada para interceptar o veículo com os assaltantes. A viatura do CPU ficou a postos, no Km 4, e a do Maracanã fez o acompanhamento à distância. À altura do Cefap, eles retornaram no sentido Vila Esperança. 

Ao perceberem que estavam sendo acompanhados, os assaltantes atiraram contra a guarnição, mas foram surpreendidos pela viatura do CPU, que veio em sentido contrário, na Avenida dos Curiós, no acesso ao IFMA. Houve uma intensa troca de tiros, sendo que os quatro foram alvejados. De imediato, foram levados para atendimento no Socorrão 2, na área da Cidade Operária.

Com os assaltantes, foram apreendidos 6 celulares, um revólver calibre 32, uma arma antiga de dois canos calibre 38, uma munição calibre 38 deflagrada., uma munição de calibre 32 intacta, uma  carteira porta-cédula, um relógio orient prata, além de documentos de identidade.

Posteriormente, as guarnições se dirigiram ao 12º DP, no bairro Maracanã, onde apresentaram as armas, veículo e objetos aprendidos. As vítimas também foram ouvidas para fins investigatórios.

Participaram da operação o sargento Silva e os soldados Joanderson e J. Rodrigues, da viatura do Maracanã; o aspirante Gulhon e o soldado Teles, da viatura do CPU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...