Rádio Voz do Maranhão

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Deputado Raimundo Cutrim é citado no depoimento do assassino de Décio Sá



O jornalista Itevaldo Júnior teve acesso à integra do depoimento de Jhonathan de Sousa Silva, executor do jornalista Décio Sá. Jhonatan cita o deputado Raimundo Cutrim(DEM) como um dos envolvidos na trama.

O primeiro depoimento de Jhonathan Silva foi no dia 09 de junho. Ele depôs aos seis delegados da comissão que investigam o assassinato do jornalista. O subdelegado geral da Polícia Civil, Marcos Affonso Júnior, acompanhou a inquirição.

O assassino confesso Jhonathan Silva iniciou o depoimento às 15h47 e encerrou às 22h47. São seis páginas de testemunho. Na página 3, o matador fala pela primeira vez no nome de Raimundo Cutrim: “o serviço tinha partido do RAIMUNDO CUTRIM; QUE perguntado que RAIMUNDO CUTRIM é esse, e se é o deputado, assim se manifestou”.

Jhonathan Silva cita outras duas vezes Raimundo Cutrim em seu testemunho. Lá na página 5 afirma que: “TEM O GLÁUCIO E ESSE CUTRIM, SENDO QUE ESSE CUTRIM É CITADO PELO JUNIOR BOLINHA COMO SENDO O PRINCIPAL MANDANTE NA MORTE DO DÉCIO”.

Na segunda-feira (dia 18), o blog do Luís Pablo publicou a íntegra da representação que os delegados que investigam o caso enviaram a Justiça estadual requerendo as prisões e a busca e apreensão nas residências e empresas dos suspeitos. A representação foi por muitos, confundida com o depoimento de  Jhonathan Silva. A íntegra do depoimento prestado à polícia por sete horas está publicado abaixo.







Nenhum comentário:

Postar um comentário