quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Violência: Homem que residia em Marabá é morto a tiros em bar na rodoviária de Açailândia

Um homem que trabalhava como profissional Free Lance/autônomo em shows e exposições agropecuárias foi morto a tiros no Terminal Rodoviário de Açailândia, no centro da cidade, na tarde desta quarta-feira (17), por volta das 16h.

A vítima foi identificada como Genivaldo dos Santos, conhecido como Walla D.8, 47 anos, tinha residência fixa na cidade de Marabá-Pará e filhos que residem em São Luís. Atualmente residia em uma localidade conhecida como Elenira Rezende km 50 (colônia dos sem terra). Ele estava em Açailândia acompanhado de outros profissionais que se preparavam para trabalhar com vendas nos shows da Exposição Agropecuária.

Na tarde desta quarta-feira ele Genivaldo estava bebendo em uma bar, quando aconteceu um desentendimento generalizado ocasionado por uma MÚSICA que estava tocando na caixa de Jukebox em dos bares do terminal rodoviário.

O autor do homicídio, que também bebia no bar, foi identificado pelo nome de Nelzimar Araújo Simão (vigilante de empresa de ônibus), 46 Anos, teria ficado descontente pela execução da música que tocava no momento do desentendimento. Iniciou-se uma discussão generalizada, sendo que, em seguida, o  autor do crime foi ao quarto de um hotel onde estava hospedado e  retornou com uma pistola 765, marca taurus, municiada com 10 dez projéteis. Ele já chegou efetuando disparos na direção de um rapaz que também estava no local, e acabou atingindo fatalmente Genivaldo dos Santos, atingido por três tiros. Após o homicídio o criminoso se evadiu do local.

Policiais militares e civis foram acionados, mas, quando chegaram ao local, Genivaldo já estava sem vida.   Pessoas que estavam próximas ao bar fizeram a indicação da localização do autor dos disparos. O Delegado acompanhado dos inspetores Cléber e Paulão fizeram diligências conjuntas com a PM que culminou com a prisão do acusado.

A equipe comandada pelo Thiago Fillipini encontrou em poder do assassino a a pistola utilizada no crime. A arma estava com cinco 05 munições intactas.


O corpo de Genivaldo dos Santos foi recolhido pela empresa funerária de plantão e depois encaminhado IML para os procedimentos de praxe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...