quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Secretário de Saúde diz que reportagem da TV Mirante sobre paralisação de médicos é mentirosa e absurda

O Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, reagiu com indignação e revolta à reportagem da TV Mirante, exibida no JMT 2ª edição desta quinta-feira (29), sobre uma suposta crise nas UPAs, onde médicos reclamam da falta de material e atraso no pagamento de salários, o que teria levado à paralisação de atendimento em ao menos quatro unidades.

Na reportagem, um suposto médico reclama que os problemas persistem há dois anos, sem que a classe tenha sido atendida por gestores da saúde.

“Já vi muita reportagem tendenciosa, mas essa do JMTV 2ª edição se superou. Mentirosa e absurda”, reagiu Carlos Lula.

Segundo o gestor, os salários dos médicos estão pagos e não falta gaze ou mesmo água potável nas unidades de saúde. Para ele, a reportagem é ridícula.

“A suposta crise ou greve inexistiu e o atendimento foi regular durante o dia inteiro. Tentar fabricar crise onde ela não existe é estupidez”, disparou o secretário nas redes sociais.

Na verdade, o grupo de comunicação da oligarquia Sarney tem procurado criar factoides para tentar desestabilizar a gestão do governador Flávio Dino. Talvez por conta do corte de verbas publicitárias para o sistema.

Outra revolta é com o fato de investigações policiais terem descoberto uma verdadeira máfia que atuou na SES, ao longo do governo Roseana Sarney, sendo acusada de desviar aproximadamente R$ 1 bilhão destinado à implantação de hospitais e compra de equipamentos para as unidades de saúde. 

O esquema da denominada “Máfia da Saúde” era comandado pelo ex-secretário Ricardo Murad, com aval da ex-governadora. Os dois são réus em uma das ações criminais.

3 comentários:

  1. Bom dia, gostaria de chamar atenção para o jogo de interesses particulares que vem acontecendo, que tem como moeda de troca a CAEMA... Nós concursados, estamos lutando por nossas convocações desde 2014. Em 2015, durante uma audiência, ouvimos da boca do próprio Presidente da CAEMA, Davi Telles, que haveriam muitas convocações, ele chegou até especificar números, região e cargos, como: no mínimo 60 Operadores de Elevatória para São Luís, Eletromecânico para São Luís, Leituristas para São Luís e etc... Porém tivemos convocações a conta gotas ao longo desses 2 anos, totalmente ao contrário da postura de outros órgãos do Estado como o DETRAN, SSP e outros... Sem contar o déficit já existente pelos mais de 10 anos da realização do último e único concurso que já havia acontecido, a entrega das estruturas físicas que carecem de mais mão de obra, o TAC do MPT que demonstra a precarização do recursos humanos da CAEMA e etc... Porém, descobrimos que toda falta de interesse do Presidente da CAEMA, vem por sua predisposição em privatizar ou fazer PPP do Sistema de Água da Companhia, o que bancaria financeiramente seu sonho de se tornar parlamentar Federal, contrariando totalmente a promessa do “Estadista” Flávio Dino, em não privatizar a Companhia. Agora cabe ao Governador decidir entre avalizar os interesses e a dissimulação de Telles, ou manter sua palavra fortalecendo a Companhia realizando convocações de fato e ampliando ainda mais os sistemas de água e esgoto. Post do Governador se comprometendo em não privatizar a CAEMA: https://pt-br.facebook.com/flaviodino/posts/323783424449104

    ResponderExcluir
  2. Na verdade a mirante quando faz uma denuncia desta ela está com documentos que comprava a denuncia acho que deve ser assim

    ResponderExcluir
  3. Angelo

    Mas ele admitiu!!

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...