Fiscalização Fotossensores

Fiscalização Fotossensores

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Ex-presidente da Assembleia de Mato Grosso é condenado a mais de 20 anos de prisão por desvio de R$ 4,2 milhões

Fátima Lessa, especial para o 'Estado', O Estado de S.Paulo

CUIABÁ - O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso José Riva (PSD) foi condenado pela Justiça a 22 anos, 4 meses e 16 dias de prisão em regime fechado por desvio de R$ 4, 2 milhões do parlamento.

Trata-se da segunda condenação de Riva, ambas proferidas pela juíza da 7.ª Vara de Combate ao Crime Organizado no Estado, Selma Rosane Santos de Arruda. A primeira condenação foi  por desvio de R$ 2,4 milhões.

Segundo a sentença mais recente, o desvio foi realizado  por meio de 41 pagamentos em cheque feitos à empresa de fachada João Roberto Borges Papelaria, criada a pedido da Mesa Diretora da Assembleia.

Ele é acusado nas duas ações pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro cometidos 87 vezes entre 2000 e 2002 e investigados pela Operação Arca de Noé da Polícia Federal de 2003.

Riva foi deputado por 20 anos e, durante esse período, ocupou vários cargos na Assembleia, acumulando 107 ações na Justiça pelos crimes de peculato, improbidade administrativa, corrupção, fraudes em licitações e lavagem de dinheiro.

Nos últimos anos, foi preso quatro vezes, sendo que, no ano passado, sua prisão foi efetuada dentro da Operação Metástase sob acusação de liderar desvios de dinheiro na Assembleia de Mato Grosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...