Emap

Fiscalização Fotossensores

Fiscalização Fotossensores

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Clã Sarney/Murad não quer funcionamento de hospital que dobrará leitos de traumatologia e ortopedia

Desta vez, foi a fase de reta final da instalação do Hospital de Traumatologia e Ortopedia, que traz a meta mensal de 400 cirurgias, que tirou a ‘paz’ da deputada estadual Andrea Murad. Será que a inquietação é por conta da duplicação da quantidade de leitos disponíveis na área de ortopedia ou por que o governo vai zerar a fila de espera pelo procedimento?

Talvez a inquietude da parlamentar seja por conta do avanço das obras para implantação dos 44 leitos, sendo 10 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI).  Enquanto a obra avança, sem prejuízo ao erário público, pois o valor empregado na reforma do prédio será abatido no aluguel do imóvel, Andréa Murad continua criando factoides com apoio dos asseclas da oligarquia Sarney. Uma marca do clã Murad/Sarney.

O Governo do Estado optou pelo aluguel da antiga Clínica Eldorado para instalar o Hospital de Traumatologia e Ortopedia. A medida foi considerada mais adequada para suprir a demanda histórica na área, retirar os pacientes da fila de espera e iniciar os atendimentos exclusivos para os casos nessa especialidade, ainda este ano.

Recentemente, a deputada disse que o local nunca terá condições para tal finalidade. Ora, as condições estão sendo criadas. E, tudo indica, com responsabilidade e transparência. O desconto do valor da reforma no aluguel está previsto na Lei n. 8.245/91: “Art. 35. Salvo expressa disposição contratual em contrário, as benfeitorias necessárias introduzidas pelo locatário, ainda que não autorizadas pelo locador, bem como as úteis, desde que autorizadas, serão indenizáveis e permitem o exercício do direito de retenção”.

Ao anunciar, expandir ou implantar serviços pioneiros ou de referência em saúde no Maranhão, o governador Flávio Dino demonstra com enorme clareza, os investimentos destinados à melhoria da saúde da população. Até a conclusão da obra, prevista para o segundo semestre, os procedimentos continuam sendo executados no Hospital de Câncer do Maranhão, antigo Hospital Geral, em São Luís, e, também, na rede municipal no Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura, o Socorrão II.

É evidente que o cenário de aberrações da era Murad, gestão do ex-secretário estadual da Saúde, deixou marcas profundas, perceptíveis na estrutura de saúde que ficou corroída, sucateada. Desenvolvida sob os pilares da falta de planejamento, sucumbiu! Agora, a população vislumbra um sistema único de saúde que pode dar certo.

Será que a inquietude do clã Murad/Sarney se dá pelo fato de não aceitarem a mudança (positiva) na saúde pública ou o fato da população saber que é possível, sim, ter saúde de qualidade, desde que a gestão pública leve a sério o seu papel?

Um comentário:

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk 44 leitos? Zerar fila? Bem se ve que nem vc nem o secretario, muito menos o goernador sabe a realiade o TRAUMA n Estado... E ainda colocar dinheiro publico em cliniqueta privaa... So indo embora d Maranhao

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...