Mais Asfalto

Mais Asfalto

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Homicídios reduzem 55% em julho de 2017, no comparativo com o mesmo período do ano passado

Mais policiamento nas ruas em ações de combate aos homicídios resultaram em queda de 55% destes registros na Região Metropolitana de São Luís, em julho. No período de férias foram registradas 30 ocorrências este ano, contra 67 no mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA). Os homicídios estão no grupo dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), parâmetro para medir o nível de violência no país, adotado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Considerando o total de CVLIs, que além dos homicídios incluem ainda os latrocínios (roubos seguidos de morte) e as lesões corporais seguidas de morte, totalizaram 34 casos em julho deste ano, contra 69 no mesmo mês do ano passado. Os dados representam uma queda de 51% nestes registros. A utilização de CVLIs como critério para mapear índice de criminalidade é direcionamento aplicado mundialmente, seguindo convenção da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Os resultados que temos obtido são fruto de ações parceiras entre todos os agentes da Segurança Pública, e contamos com o apoio da sociedade”, diz o secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela.

Os investimentos do Governo do Estado na área da Segurança têm garantido as condições para o trabalho policial, pontuou o superintendente de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), delegado Leonardo Diniz. “Conjuntamente, Polícia Civil e Militar desenvolvem operações de contenção do crime e isso fortalece o sistema e se converte em tranquilidade para o cidadão. É um trabalho contínuo, permanente e focado na redução de índices históricos de criminalidade”, enfatizou.

O superintendente reitera que as ações diretas do Governo do Estado influem positivamente no controle dos homicídios e na diminuição dos índices gerais de criminalidade. Diniz destaca que a criação da SHPP tornou mais qualificada a investigação destes casos, por contar com equipe exclusiva e especializada. A aquisição da Delegacia Móvel para agilizar a solução destas ocorrências e os investimentos em estrutura, efetivo e equipamentos fizeram crescer em mais de 50% o índice de resolutividade dos casos deste tipo de crime.

Intensificadas, as operações nos bairros e nos coletivos realizadas pela Polícia Militar, resultaram em mais segurança para a população e menos casos registrados. “A gestão do governador Flávio Dino e do secretário Jefferson Portela somou para darmos mais dinâmica e agilidade nas ações, e, também, no melhor uso dos recursos disponíveis com a valorização e motivação dos policiais. São investimentos em capacitação, concessão de promoções, reconhecimento da meritocracia, o que contribui para a melhorar a oferta do serviço à população”, reitera o superintendente da SHPP.

Operações como a ‘Busca Implacável’, monitoramento nos bairros pelas equipes do Comando de Policiamento de Área Metropolitana (CPAMs I, II e III) e Ronda da Comunidade contribuíram para a redução neste índice de violência na região. A cobertura regular dos bairros é garantida ainda com o atendimento nas unidades, em rondas permanentes nas ruas e avenidas e durante as blitzen realizadas em pontos mais estratégicos (com abordagens a veículos e pessoas, apreensão de documentos e drogas, prisão de suspeitos). O trabalho das polícias inclui ainda operações preventivas e repressivas de combate ao crime; e atividades educativas, sociais e de sensibilização nas escolas e comunidades atendidas.

Outra medida de efeito positivo para esta queda nos registros foi a mudança do atendimento nas delegacias com a descentralização de alguns serviços para as novas superintendências criadas. Com a medida, foram priorizadas demandas como autuações, registro de ocorrências e a apuração de casos, deixando os distritos mais próximos do cidadão. A instituição de dois novos canais de denúncias 24 horas – o Whatsapp (98) 9.9163-4899 e o aplicativo ‘Byzu 2.0’; e mais recentemente, o Instituto de Genética Forense, que realiza exames a partir do perfil genético.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...