Mais Asfalto

Mais Asfalto

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Mulher conta detalhes de tentativa de homicídio na festa Pump Colors; agredido fala em vingança

"Peguei ele mesmo, bati, dei bogão, meti ponta pé na cabeça dele com uma amiga minha, rasguei a roupa dele e dei uma garrafada nele sim. Me botaram pra fora da festa mesmo, mas pelo menos deixei ele desgraçado pra nunca mais vir com coisa pro meu lado”
Um dos organizadores do festival Pump Colors, realizado na noite de domingo (6) no estacionamento do Shopping da Ilha, entrou em contato com o blog para esclarecer sobre o registro de violência que deixou feridos.

“O que aconteceu foi que um ex-namorado resolveu procurar confusão, provocando até o atual namorado de uma menina. Ela mesma esclareceu no facebook, dizendo que já vinha sofrendo humilhação. Foi uma agressão com gargalo de uma garrafa. Gostaria que fosse publicado esclarecimento no blog”, disse um dos responsáveis pela festa.

No facebook, Yarah Coutinho disse que já teria sido humilhada outras vezes pelo rapaz que foi agredido. Ela diz que o namorado Matheus, ela e uma amiga partiram para cima do ex, que foi agredido a socos, pontapés e garrafada na cabeça.

“Eu estava tranquila e ele ameaçava meu namorado há muito tempo. Veio com piadinha e Mattheus bateu mesmo. E como lembrei que já fui humilhada por ele em porra de face eu não aguentei. Ninguém aguenta ser humilhado a vida inteira. Peguei ele mesmo, bati, dei bogão, meti ponta pé na cabeça dele com uma amiga minha, rasguei a roupa dele e dei uma garrafada nele sim. Me botaram pra fora da festa mesmo, mas pelo menos deixei ele desgraçado pra nunca mais vir com coisa pro meu lado”, desabafa a mulher.

Fotos de um dos feridos na festa foram encaminhadas ao blog pelo informante. As duas fotos já circulam em grupos de whatsapp.

Agredido fala em vingança

Em comentário no facebook, o jovem identificado com Dann Aguiar, que foi agredido, disse que está com 35 pontos na cabeça e avisa que o namorado de Yarah vai passar mal.

“Eu peguei uma garrafada e estou com 35 pontos na cabeça. Se foi teu namoradinho que deu, avisa que ele vai passar mal. Quero só me recuperar”, disse o agredido.

O responsável pela festa diz que não houve ninguém agredido a facadas, como o informante repassou ao blog.

Em tempo: depois da publicação no blog, Yarah diz que o jovem que ela, o namorado e amigos agrediram não se trata da Dann Aguiar, mas de outro. Em um dos comentários, um amigo dela diz que até deceparam a orelha do agredido. O blog está tentando identificar essa outra vítima de agressão durante a festa.




Um comentário:

  1. Ainda é permitido o uso de garrafas de vidro em eventos ou a utilização se deve à falta de fiscalização? Se ainda é permitido... é hora de rever a questão, não?

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...