IPTU

IPTU

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Em entrevista, chefe da Casa Civil fala dos avanços das ações do Governo e comenta a comunicação de informações públicas

Na entrevista ao jornalista e radialista Gilberto Lima, no programa Comando da Manhã, Rodrigo Lago detalhou o quadro atual de ações do Governo nas principais áreas

Na manhã da última quarta-feira (18), o secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão, Rodrigo Lago, concedeu entrevista ao apresentador Gilberto Lima, no programa Comando da Manhã, da Rádio Timbira.

Há 15 dias liderando a pasta, Lago aproveitou a ocasião para detalhar o quadro atual de ações do Governo nas principais áreas, comentar acerca dos diálogos entre poderes e lamentar as informações infundadas que prejudicam o conhecimento da população sobre a efetiva ampliação dos serviços públicos dos últimos três anos.

Diálogo entre os três Poderes

Em um cenário nacional de dissonância entre os três poderes, Rodrigo Lago chamou a atenção dos ouvintes para a harmonia plena do Executivo, Judiciário e Legislativo no âmbito estadual.

Na sua primeira semana à frente da pasta, o secretário-chefe fez visita de cortesia aos Poderes Judiciário e Legislativo do Estado, visando a manutenção do bom diálogo que já era feito por Marcelo Tavares, ex-secretário-chefe da Casa Civil.

Investimentos em educação

O secretário-chefe também expôs aos ouvintes da Rádio Timbira os investimentos que o Governo está fazendo na área da educação, destacando a rede do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), no modelo efetivamente integral, criação da gestão do governador Flávio Dino. “Só a educação liberta o ser humano. Não adianta nós darmos o peixe todos os dias: precisamos também ensinar o povo a pescar”, comentou Rodrigo Lago.

“Essa libertação talvez nunca tenha sido desejada nos governos anteriores e agora está sendo efetivada e permanentemente expandida pelo Governo do Maranhão, através das Escolas Dignas, dos IEMAs e das escolas de tempo integral”, completou o secretário.

Avanços na segurança pública

Em relação à segurança pública, o secretário-chefe da Casa Civil analisou o quadro de investimentos na área, como o combate aos assaltos à ônibus e a bancos, e a humanização no trato dos presos de Pedrinhas, que trabalham na produção do fardamento escolar, por exemplo.

“A criminalidade é crescente no mundo, mas hoje no Maranhão a gente consegue andar na rua porque a polícia é presente. Basta confrontar os números de 2013 e 2014 com o que temos hoje”, instigou Rodrigo Lago.

“Hoje temos mais policiais nas ruas, temos uma polícia aparelhada e temos um planejamento de segurança de forma que as rotinas da criminalidade deixaram de existir aqui no Estado”, completou.

Fim da “procissão de ambulâncias”

Rodrigo Lago comentou a respeito dos investimentos que o Governo do Estado vem fazendo na área da saúde, visando a entrega de diversas ambulâncias aos municípios e a construção dos hospitais macrorregionais. Nesse tópico, o chefe da Casa Civil destacou que, com o sistema de saúde completamente replanejado, os hospitais de referências na capital, como o Carlos Macieira, passaram a receber apenas pacientes que de fato precisam de uma atenção especial. “Com o replanejamento da saúde e os hospitais macrorregionais nós acabamos com as antigas procissões de ambulâncias no Estado que vinham pra São Luís”, celebrou.

O secretário-chefe citou ainda a Casa de Apoio Ninar, a Clínica Sorrir entre outras ações que foram entregues pelo Governo do Estado visando uma boa qualidade da saúde da população maranhense.

Ajuda aos municípios atingidos pelas fortes chuvas

Desde os primeiros dias de abril, o Maranhão tem sofrido com as fortes chuvas. Com a elevação do nível do rio Mearim, algumas cidades tiveram situação de emergência decretada. Após os alertas da Defesa Civil e da comunicação dos municípios, o Governo do Maranhão passou a prestar auxílio à população com filtros, cestas básicas, colchonetes, além de refeições dadas diariamente às famílias atingidas.

Já a frente da Casa Civil, Rodrigo Lago visitou com o vice-governador Carlos Brandão os municípios de Trizidela do Vale, Pedreiras, Presidente Vargas e Tuntum. Na entrevista ele propôs aos ouvintes um exercício de memória para relembrar os acontecimentos da última grande cheia do rio Mearim.

“Em 2009, o Governo Federal enviou 50 milhões para o Maranhão e esse dinheiro correu junto com o rio”, lembrou Lago. “Hoje o que vemos é o governador visitando todos os municípios dando suporte a população ribeirinha”, declarou.

Ataques infundados

O chefe da Casa Civil teceu críticas a práxis jornalística das principais concessões públicas de comunicação que ocultam as informações governamentais. “O sistema de TV que faz oposição diuturnamente ao Governo mostra uma realidade diferente do que vemos nas ruas”, afirmou. “Esse sistema nega informação ao público, o que significa dizer que a população é censurada daquelas informações públicas”, criticou Lago.

Rodrigo Lago lembrou ainda da dissonância editorial dessas concessões que, na esfera nacional reconhecem o governo Flávio Dino como melhor do país, mas na esfera local esquecem totalmente as ações do Poder Executivo.

Na entrevista, que pode ser ouvida na integra no site da Rádio Timbira, o secretário Rodrigo Lago também comentou acerca dos investimentos no Porto do Itaqui, da saúde fiscal do Estado, da infraestrutura e do combate à corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...