VACINAÇÃO

VACINAÇÃO

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Sargento da PM não resiste e morre após ser baleado na cabeça em assalto no Maiobão


Antonilson Povoas Sousa, de 45 anos, foi atingido na cabeça e morreu na madrugada desta terça-feira (21) no Hospital do Servidor.

O sargento da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) Antonilson Póvoas Sousa, de 45 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta segunda-feira (21) no Hospital do Servidor. O militar foi baleado após ser alvo de um assalto, por volta de 20h30 de segunda-feira (20), na Avenida 10, no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.

Dois criminosos tentaram roubar um veículo na Avenida 10, considerada a via principal do bairro, quando eles descobriram que o carro pertencia ao policial militar. O policial reagiu, houve troca de tiros e o sargento foi atingido na cabeça.

O sargento Povoas foi socorrido e levado para o Hospital Clementino Moura (Socorrão 2), no bairro Cidade Operária, onde foi entubado e teve o quadro estabilizado para aguardar transferência para uma unidade de alta complexidade. Na madrugada de terça-feira (21) foi encaminhado para o Hospital do Servidor, onde morreu durante a madrugada.

Durante o tiroteio, o sargento ainda atingiu um dos criminosos que foi socorrido pelo outro bandido e levado para a Unidade Mista do município de São José de Ribamar.
O assaltante baleado foi identificado como Davi Everton Rodrigues, o “Davizinho”, de 18 anos, residente no Iguaíba, em Paço do Lumiar. Baleado no abdômen e na mão, ele foi transferido para o Hospital Clementino Moura, o “Socorrão II”. Aos policiais, ele teria dito que os tiros que atingiram o policial foram disparados pelo assaltante identificado apenas como Gabriel.

Veja o vídeo do momento do ataque ao sargento Póvoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...