quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Apesar da crise, Maranhão aumenta emprego com carteira assinada e tem 3º melhor resultado do Nordeste em 2018

Apesar da torcida contra da oposição, a economia do Maranhão continua colhendo dados positivos. Segundo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na quarta-feira (23), o Estado fechou o ano de 2018 com saldo positivo de 9.649 empregos com carteira assinada. É o terceiro melhor resultado entre todos os estados do Nordeste.

O desempenho é quatro vezes maior que o verificado em 2017, quando houve saldo positivo de 2.299 carteiras assinadas no Maranhão.

No Nordeste, o Maranhão só fica atrás de Bahia (28.621) e do Ceará (23.081), que têm economia e população maiores.

Em relação a todas as 27 unidades da federação, o Maranhão fica na melhor metade, com o 13º lugar geral na criação de vagas.

Além disso, o Maranhão teve, proporcionalmente, uma das maiores altas em todo o País. O aumento foi de 2,12%. No Brasil, foi de 1,4%.

No total, o Brasil teve saldo positivo de 529.554 vagas em 2018.

Nas redes sociais, o governador Flávio Dino comemorou o resultado e disse que o governo vai continuar fazendo investimentos públicos e parabenizou aos empresários e trabalhadores. 

“Reportagem de O Globo hoje mostra a capital do Maranhão como uma das cidades onde mais houve geração de empregos formais. Vamos continuar fazendo investimentos públicos. Parabéns aos nossos empresários e trabalhadores pelo destaque no ranking”, disse o governador.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...