quarta-feira, 29 de junho de 2016

Miaaauuuuu!!! Cemar corta suposto ‘gato’ e acaba com arraial da cidade de Bequimão

Três equipes da Cemar acabaram com o arraial de Bequimão na terça-feira (28). A culpa seria do prefeito Zé Martins, que teria mandado fazer a ligação da energia de forma clandestina, o famoso ‘gato’. Ao constatar a irregularidade, técnicos da companhia foram ao local para fazer o desligamento.

A denúncia foi feita por Alessandro Trancoso, no facebook. Confira o relato do denunciante.

“OLHA A CEMAR! É VERDADE!. Cemar corta arraiá de Bequimão. Prefeito Zé Martins não tirou licença de carga de energia para o Arraiá de Bequimão. O Arraiá funcionava na clandestinidade, o famoso GATO. A operação de corte veio em peso: três viatura com oito homens para cortar a energia. Que vergonha! Já foi o mehor arraiá da baixada, hoje resumido a um puleiro de urubu sujo. Cadê o dinheiro para o São João? Nem medidor tinha no arraiá. Eta quadrilha boa! Hoje o São João é a luz da lua se o prefeito não procurar pagar a energia!!!”, disse Trancoso.

E acrescentou: “Tenho as fotos para comprovar. A Prefeitura está se movimentando para não passar mais essa vergonha. Roubar energia é crime. Se fosse um consumidor comum, a Cemar multaria e ainda poderia entrar com um processo, mas como é a prefeitura, com certeza, O CHEFE DAS CEMAR vai aliviar e tomará uma cervejinha no São João. O Ministério Público vai saber disso”.

Dez horas depois, com a repercussão nas redes sociais, o prefeito Zé Martins tratou de desmentir a denúncia feita por Alessandro Trancoso, alegando que os técnicos da Cemar foram ao local para verificar a carga elétrica e fazer a medição para emissão de fatura. Confira o que disse o prefeito:

“É mentirosa, irresponsável e caluniosa a publicação do perfil de Alessandro Trancoso sobre a energia elétrica no arraial de Bequimão. Técnicos da Cemar estiveram no arraial para verificar a carga elétrica e fazer a medição para fins de emissão da fatura. Os técnicos da companhia imaginavam que cada barraqueiro pagaria a despesa de energia elétrica de sua barraca, mas foram informados que todos os custos são por conta da Prefeitura Municipal de Bequimão. A fatura será encaminhada à Secretaria de Administração e Transporte, por e-mail, até a próxima sexta-feira, dia 1º de julho, para que, assim, seja feito o pagamento. As redes sociais ampliam a possibilidade de uma ação democrática, já que todos têm chance de manifestar suas opiniões, mas em nada contribui para a gestão pública a veiculação de mentiras, como essa inventada e disseminada pelo senhor. Sobre a acusação de se tratar de uma “quadrilha”, nossa equipe jurídica tomará a devida providência para que o senhor esclareça na justiça”.

Vale perguntar: Se a prefeitura de Bequimão arcaria com as despesas e fez tudo legal, por que a Cemar, ao que parece, não tinha essa informação? 

E por que deslocar oito técnicos para fazer uma simples verificação de ligação de energia?

Em outros casos, quando os envolvidos são cidadãos comuns, a Cemar aciona logo a polícia para prender o responsável pelo furto de energia em flagrante.

Em vez de boi, será que tinha mesmo era bichano no arraial do Zé Martins?

Com a palavra, a Cemar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...