segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Jornal alemão ironiza grade de proteção para Temer na Rio 2016

"A jaula de ferro no centro de imprensa se apresenta com uma bizarra construção para uma entrada em cena também bizarra. Discursou um dos seres mais medrosos no Brasil atual, Michel Temer, o presidente interino", diz o texto de uma reportagem do jornal Süddeutsche Zeitung
O jornal alemão Süddeutsche Zeitung ironizou uma grade de proteção usada para proteger o presidente interino Michel Temer, numa entrevista concedida antes dos Jogos Olímpicos:

Num dos menores cômodos que estava à disposição no centro da imprensa na Barra da Tijuca foi erguida uma grade robusta. Parecia uma cerca para animais perigosos. Depois de um incidente com uma onça chamada Juma, que foi abatida numa cerimônia de passagem da tocha olímpica, os organizadores prometeram não fazerem mais apresentações com animais selvagens vivos. E eles mantiveram o prometido.

A jaula de ferro no centro de imprensa se apresenta com uma bizarra construção para uma entrada em cena também bizarra. Discursou um dos seres mais medrosos no Brasil atual, Michel Temer, o presidente interino.

Este tipo de ocasião sempre é usada para que políticos coloquem o esporte aos serviços da política. Até agora os políticos ocidentais usaram as luzes do esporte para iluminarem a si mesmos. No Brasil os jogos olímpicos são políticos de uma maneira bem nova. O representante máximo do país faz de tudo para não ser visto. Na verdade Temer não estava realmente presente na abertura dos jogos. Se ele não fosse vaiado ninguém perceberia seu aceno envergonhado."

O jurista de 75 anos é pelo menos tão impopular para seu povo quanto a mulher que ele quer afastar do cargo através de um processo duvidoso.

Tradução livre parcial do texto de Boris Hermann para o Süddeutsche Zeitung
tradução: Jacob Ramiro Bastos


do Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...