Emap

Fiscalização Fotossensores

Fiscalização Fotossensores

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Máfia da Sefaz: Cláudio Trinchão e Akio Valente viram réus em ação penal por crime de peculato

O Ministério Público do Maranhão ajuizou mais uma ação penal contra os ex-secretários da Fazenda do Estado Cláudio Trinchão e Akio Valente, agora por crime de peculato. A ação foi acatada pela juíza Cristina Ferraz, que reponde pela 8ª Vara Criminal até está quinta-feira (8).

Pelas informações divulgadas por Felipe Klamt nesta quarta-feria (7), no programa ‘Comando da Manhã’, na Rádio Timbira, Cláudio Trinchão e Akio Valente fizeram, cada um, 25 e 13 concessões de benefícios fiscais a empresas, respectivamente.

Os promotores teriam conseguido juntar provas que os dois ex-secretários receberam algum benefício ou dinheiro para fazer essas concessões. A pena prevista é de dois a doze anos de reclusão e multa.

Todas as operações foram feitas entre os anos de 2010 a 2014, no período do governo de Roseana Sarney, sem amparo do Poder Legislativo e sem a devida publicação legal.

A denominada ‘Máfia da Sefaz’ produziu rombos da ordem de 1,2 bilhão. A ex-governadora já se tornou ré em uma das ações penais movidas pelo Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...