sábado, 4 de fevereiro de 2017

Suspeitos de assaltar agências bancárias em Bom Jardim e Cururupu serão apresentados neste sábado

Dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil em Bom Jardim foram explodidos na quarta-feira (1º)
A Polícia Civil do Maranhão apresentará, neste sábado (04), por volta das 9h, no auditório Leofredo Ramos, na Secretaria de Segurança Pública, sete pessoas envolvidas em ataques a instituições financeiras em municípios maranhenses.

A operação que resultou na prisão dos acusados foi coordenada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC). Cinco deles, suspeitos de ataques à agência bancária da cidade de Bom Jardim, foram presos no município de Vitória do Mearim.

Eles foram identificados como Francigleydson Costa Travassos, conhecido como ”Oficina”; Romero Santos Lima, Vinícius Gabriel Coelho Silva e Paulo Vinícius Mendonça. Com eles foram apreendidos um veículo Corsa Classic de cor cinza, um rifle calibre 44, uma pistola e explosivos.

No município de Viana, foram presos outros dois suspeitos, identificados por Jeorge Ribeiro e Eider dos Santos Vale. Eles planejavam realizar ataques contra uma agência bancária do município de Cururupu. Com o grupo foi apreendido um Corsa Classic de cor branca, 02 rifles, uma escopeta calibre 12, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38.

Assalto ao banco de Bom Jardim
O grupo criminoso explodiu dois caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil em Bom Jardim, a 275 Km de São Luís, na madrugada da última quarta-feira (1º) explodiram na madrugada desta quarta-feira (1º).

O assalto foi realizado por volta de 4h. Segundo a polícia, a ação criminosa contou com a participação de cerca de oito homens que estavam fortemente armados. Eles ainda trocaram tiros com a polícia durante o roubo.

Os assaltantes utilizaram bananas de dinamite para explodir os caixas eletrônicos. Ele acrescenta que dos três caixas eletrônicos apenas dois foram destruídos.

Durante a fuga dos assaltantes duas pessoas foram feitas como reféns, mas foram soltas minutos depois. Os bandidos fugiram em direção a cidade Zé Doca, a 302 km da capital. Na fuga, eles fugiram em um prisma prata e pegaram uma van com o motorista e o passageiro de refém e, saíram no sentido da cidade de Zé Doca. Abandonaram a van com os reféns e, segundo a vítima, já tinham outros dois veículos esperando por eles.

Com o apoio do helicóptero do CTA, a polícia deu continuidade às buscas até conseguir prender os suspeitos na sexta-feira (03).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...