segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Temer e Sarney: os piores presidentes da história

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) constatou que o presidente Michel Temer (PMDB) atingiu a maior reprovação desde o início da redemocratização do país. Com apenas 5% de aprovação, Temer se iguala ao ex-presidente José Sarney, que governou o país de 1985 a 1990, período que ficou marcado na história brasileira como “governo da década perdida".

Sarney encerrou seu mandato deixando como legado uma hiperinflação recorde de 1764,86% e uma grave crise econômica. O oligarca é reconhecido como um dos principais conselheiros de Temer desde que o atual presidente passou a ser alvo de escândalos de corrupção investigados pela Operação Lava Jato.

Temer, a última chance de Sarney

Curiosamente, Temer passou a ser a última chance de Sarney manter algum poder. A articulação do velho oligarca dentro do governo Temer foi destaque no blog da Andréia Sadi, da Globo News.

Segundo a jornalista, Temer recebeu com exclusividade no último domingo (1º), no Palácio Jaburu, a ex-governadora Roseana e ministros do seu governo para discutir a nova denúncia contra ele na Câmara dos Deputados.

Roseana virou uma espécie de líder informal do governo Temer no Congresso, onde barganha votos em favor do presidente mais impopular da história do Brasil desde seu pai.

A ex-governadora só pode contar com o apoio de Temer para salvar sua candidatura ao governo do Maranhão em 2018, única saída para o clã Sarney garantir alguma sobrevida no cenário político maranhense.

Um projeto político que pode naufragar juntamente com o naufrágio de Temer, apontado como chefe do "quadrilhão do PMDB" e encurralado pela segunda denúncia por crime de organização criminosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...