sexta-feira, 29 de junho de 2018

Mulher com depressão e fibromialgia precisa de ajuda para comprar medicamentos

Quem puder ajudar a auxiliar de enfermagem, favor entrar em contato pelo 98839-8447 (whatsapp).
A técnica de enfermagem Elane Castelo Branco Giovanelli passa por um momento difícil e precisa de ajuda para comprar medicamentos. Ela faz tratamento para fibromialgia e depressão, mas desde abril deste ano está sem condições de bancar o custo com medicamentos.

“Meu benefício do INSS foi cessado. Entrei com recurso mas só vai ser analisado mês que vem. Desde então estou passando por dificuldades, sem dinheiro para comprar meus remédios que são caros e não posso ficar sem eles. Sou de família humilde, técnica de enfermagem sem poder trabalhar, devido a tantas dores”, relata Elane, em contato com o blog.

Ela está afastada do trabalho e vinha recebendo pelo INSS, mas, após uma perícia, a prorrogação do benefício foi cessada, passando a enfrentar dificuldades para comprar os meus remédios.

“Entrei com recurso para a retomada do benefício. Não sei se vão aceitar. O problema é que tomo medicações de uso contínuo e sinto muitas dores fortes. Tenho síndrome de fibromialgia, síndrome de fadiga crônica, depressão, hipotireoidismo, gastrite, refluxo gastroesofágico e síndrome do intestino irritável”, relata Elaine.

Elane acrescenta que mora de aluguel e precisa de alimentação saudável e o mais natural possível, pois tem intolerância à lactose e intolerância ao glúten.

“Meus pais são muito humildes. Meu pai é motorista de ônibus e minha mãe auxiliar administrativa em um hospital. Ela também encontra-se de INSS devido problemas de coluna, tendinite nos punhos e síndrome do túnel do carpo, mas graças a Deus ela está recebendo o benefício dela”, diz Elane.

A auxiliar de enfermagem diz que precisa de ajuda com amostras grátis de medicamentos, consultas e exames, pois não tem como pagar plano de saúde.

Confira a relação de medicamentos usados por Elane Giovanelli

Mytedon 5 mg 1 cp 12/12h
Tramadol 1 cp 100 mg ou 2 cp 50 mg 4/4h
Duloxetina 60 mg 1 cp 12/12h
Venlaxin 37,5 mg 4 cp pela manhã ou 2 cp de 75 mg ou 1 cp de 150 mg
Zolpidem 10 mg 1 cp à noite
Pantoprazol 40 mg 1 cp em jejum
Domperidona 10 mg 1 cp antes do café, almoço e jantar
Levotiroxina Sódica 75 mcg 1 cp em jejum
Cloridrato de Ciclobenzaprina 5 mg 1 cp 6/6h
Muvinlax Sachê 1 envelope manhã e noite

Ela também usa rivotril gotas para dormir e para ansiedade. “Esse é o único que consigo receber no Nina Rodrigues, onde faço acompanhamento psiquiátrico desde 2011”, finaliza.

Quem puder ajudar a auxiliar de enfermagem, favor entrar em contato pelo 98839-8447 (whatsapp).

Um comentário:

  1. Entre na Justiça para restabelecer o benefício, desnecessário recurso já que sabidamente o INSS costuma negar.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...