sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Polícia Civil do Maranhão prende 14 envolvidos em crimes durante “Operação Cronos” realizada em todo o país


Uma megaoperação para o enfrentamento de crimes de homicídios e feminicídio foi desencadeada em todo o país na segunda-feira (20), com sequência até esta sexta-feira (24). A “Operação Cronos” contou com um grande efetivo de policiais civis, que foram às ruas nos 26 estados e ainda no Distrito Federal.

Um dos principais objetivos da operação é dar cumprimento a todos os mandados expedidos por prisões temporárias e preventivas. No Maranhão, foram efetuadas 14 prisões, sendo uma dessas por tentativa de feminicídio. Foram cumpridos oito mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária, uma prisão por sentença condenatória e dois acusados autuados em flagrante delito.

Na manhã desta sexta-feira foi anunciado um balanço preliminar, onde em 17 estados, já contavam 643 suspeitos presos e 61 adolescentes foram apreendidos. Na megaoperação foram apreendidas 32 armas de fogo.

Balanço geral da operação no Maranhão

Na tarde desta sexta-feira (24), o Superintendente da Polícia Civil do Interior, delegado Armando Pacheco, divulgou o balanço parcial das 14 prisões realizadas no Maranhão. O delegado ressaltou, que as prisões efetuadas aconteceram em São Luís, por crime de tentativa de feminicídio, e 13 nos demais municípios maranhenses, onde foram cumpridos mandados de prisão preventiva, prisão temporária, sentença condenatória e prisão em flagrante delito.
Na regional de Presidente Dutra, foi preso Paulo Barbosa Alves Filho. Ele foi preso no município de Colinas, onde praticou um crime de homicídio qualificado.

Na Regional de Viana, fora preso Ailton Sodré Gaspar. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil, no município de Penalva. Sua prisão se deu pelo crime de homicídio na forma tentada. A vítima foi seu próprio irmão.

No município de Bacabal foi preso Railson Moraes Oliveira, o “Babidi”, autor de um assassinato no bairro Novo Bacabal.

Em Açailândia foram presos os homicidas Elias da Costa Carneiro e José Wilson dos Santos. Eles assassinaram a vítima na Zona Rural de Açailândia.

Na regional de Pinheiro foi preso Wagner Anderson Gaspar, em razão do cometimento de crime de homicídio. O crime, praticado por motivos fúteis, aconteceu no município de Mirinzal.

No município de Chapadinha, foi preso Julimar Rodrigues da Conceição. Ele teria assassinado covardemente a sua companheira no município de Santa Quitéria.  Sua prisão foi uma cooperação da Polícia Civil do Maranhão e a Polícia Civil do Pará.

Também em Chapadinha foi preso o acusado identificado apenas por Carlos, o “Volpone”. Ele foi preso pelo crime de homicídio contra a vítima.

Na regional de Pinheiro foi preso Jorge Fabrício Santos Soares. Este foi preso no município de Cururupú. Sua prisão foi por conta do crime de tentativa de homicídio qualificado contra a vítima.

Em Caxias foi preso o acusado Francisco das Chagas da Silva, o “Chico Velho”. A sua prisão aconteceu pelo crime de homicídio. Ele foi preso na Zona Rural de Caxias.

No município de Timon, foi preso Antônio Fernandes Sousa, o “Antônio Bonzão”. Ele foi preso por prática de crime de latrocínio, em Tanguá-CE.

Em Itapecuru Minrim foi preso José Raimundo Teixeira Araújo, o “Pantin”, por prática de crime de homicídio, em Itapecuru.

No município de Alcântara foi preso Reinaldo de Jesus Coelho, acusado de crime de tentativa de homicídio ocorrido em São Luís. A vítima foi sua ex-companheira. Ele foi preso no povoado Castelo, zona rural de Alcântara.

No município de Rosário foi preso Adilson Santos dos Santos, acusado de crime de feminicídio contra a sua ex-companheira. Ele foi preso no povoado Uincessão, em Rosário.

A Operação Cronos foi coordenada pelo Ministério da Segurança Pública, juntamente com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CNCPC), com a participação do Ministério Público e do Judiciário, para combater a violência contra a vida.

Foram realizadas operações também nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Groso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...