Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2024

Justiça anula julgamento que absolveu acusado de matar pastor em Paço do Lumiar; vítima mantinha relacionamento amoroso com a esposa do assassino

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) votou de forma favorável à apelação dos assistentes de acusação, contra sentença que absolveu Saulo Pereira Nunes da acusação dos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Ele havido sido acusado de ter matado o pastor e técnico em informática Mackson da Silva Costa, em Paço do Lumiar, no dia 11 de outubro de 2019.

De acordo com o apurado pela polícia, em abril de 2019, Saulo Nunes, após ter acesso às redes sociais de troca de mensagens, descobriu que a esposa tinha um caso extraconjugal com alguém que havia conhecido por meio de rede social.

Em outubro do mesmo ano, ele novamente teve acesso ao aplicativo da esposa, encontrando outras conversas dela com a mesma pessoa. Diante da situação, Saulo começou a se passar pela esposa, conversando com o homem e marcando um encontro entre ambos.

Por acreditar que estava conversando com a mulher, a vítima foi ao encontro, na casa de Saulo, sendo que este o esperava na varanda. Quando entrou, Mackson foi surpreendido, recebendo uma facada no tórax.

Após o crime, o corpo de Mackson foi enterrado no quintal da casa do assassino, que fez uma laje de concreto para fechar a cova.

Na época, segundo os advogados de defesa, a morte do pastor foi um acidente e que Saulo não teve intenção de matar a vítima.

Saulo Nunes foi absolvido no dia 30 de maio de 2023, em julgamento realizado em Paço do Lumiar. Na ocasião, a promotora Raquel Pires de Castro disse que iria apelar da decisão. “A sociedade julgou que está vigente o direito de defesa da honra que um homem pode matar outro porque ele se envolveu com a mulher dele, sendo um envolvimento consensual, um envolvimento voluntário. Então, essa é a sociedade que a gente vive, que reconhece a legitimidade da perda de uma vida em razão da defesa da honra”.

O assassino foi julgado pelos crimes previstos nos artigos 121, § 2º, incisos I e IV (Matar alguém: Pena - reclusão, de seis a vinte anos. § 2º Se o homicídio é cometido: I - mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe; IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido; Pena - reclusão, de doze a trinta anos), c/c 211 (Destruir, subtrair ou ocultar cadáver ou parte dele: Pena - reclusão, de um a três anos, e multa).

Com a anulação, a Justiça ainda vai decidir quando será realizado um novo julgamento.

.....................

Postagens relacionadas:

— Pastor da Assembleia de Deus está desaparecido desde sexta-feira (11) em São Luís

— Veículo de pastor desaparecido é encontrado no Maiobão

— Pastor que estava desaparecido é encontrado morto no Maiobão; assassino está preso

— Homem que matou pastor e enterrou corpo em quintal no Maiobão já está em liberdade

— Justiça determina que assassino de pastor permaneça em liberdade

 Homem que matou e enterrou corpo de pastor no quintal de casa vai a júri popular nesta terça-feira em Paço do Lumiar

Injustiça e impunidade: Homem que matou e enterrou corpo de pastor no quintal da própria casa é absolvido em Paço do Lumiar

13 comentários:

  1. Esse caso aqui é exemplo para os taradão kkkkkkk ...esquecem mulher casada...solteira tem aí a berça kkkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. O pastor todo dia ia tirar um espírito maligno kkkkkkk da mulher do psicopata kkkkkkk...até que ele pegou em fio pelado kkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Tem um corno na minha rua que todo dia o pastor da igreja vai tirar um espírito da mulher dele kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem precisa disso, tem muitos na papuda que vão ficar lá muito tempo, tem muita mulher sozinha.

      Excluir
  4. Um ex presidiário aí, que já foi preso duas vezes... confessou a um amigo jornalista que, na primeira vez que foi preso em 1980, jogaram um estudante na mesma cela que o tal preso, resultado: o preso mais antigo abusou sexualmente do novinho kkkk! Tudo isso foi relatado pelo tal amigo jornalista....que após repercutir, mudou a versão do tal episódio!!
    Ah, ex presidiário vagabundo kkkkkkkk!!

    ResponderExcluir
  5. todo dia o marido psicopata saia pra trabalhar cedo e o pastor taradão ficava só de bizuca esperando o corno sair...quando o pobrezinho saia,o pastor entrava kkkkkkk...tirava dez espíritos da safada e saia de fininho sem deixar rastro kkkk kkkk.

    ResponderExcluir
  6. aí os vizinhos fofoqueiros falaram pro pobre - "o pastor todo dia vem tirar espírito ruim da tua mulher" kkkkkkk,aí o corno se vestiu de mulher,botou uma calcinha de renda e ligou pro pastor...kkkkkk....dizendo MEU BEBÊ VEM QUE O CORNO SAIU...kķkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. aí o pastor taradão entrou já armado a ponto de bala com a bíblia na mão pra disfarçar os vizinhos fofoqueiros kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fofoqueiro é igual morcego não dorme anoite e nem de dia kkkkkkkkk

      Excluir
    2. E tava vestido de verde e amarelo, família acima de tudo.

      Excluir
  8. quando ele abri a porta da casa ...quem tava lá dentro...vixe...O CORNO...ariégua macho kkkkkkkk aí faca comeu...faca faca e muito ódio...deu nisso

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Um ex militar era amante do Superior, a ex militar vagabundo e safado!

    ResponderExcluir